angra-3
Dicas Notícias

O projeto da usina nuclear Angra 3 pode ter novidades

A empresa de energia atômica de Angra 3 poderá ter notícias em breve, como a Eletrobrás está criando, considera a plausibilidade de continuar trabalhando no empreendimento, que está incapacitado há cerca de um ano. O secretário oficial do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa (foto), disse nesta quarta-feira (14) que as escolhas estão sendo avaliadas para a continuação do desenvolvimento, que é de agora 70% terminar. Uma das escolhas sob exame é o interesse privado no empreendimento.

Pedrosa disse que a revisão avalia a probabilidade de dirigir um trocar para descobrir quem vai terminar o trabalho no custo mais reduzido. Os anúncios foram feitos após uma reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE). O assunto não foi examinado na reunião de hoje, mas sim os resultados são necessários para ser exibido um ano a partir de agora.

O secretário oficial do MME esclareceu que a promulgação não permite o abuso de unidades atômicas por operadores privados. Seja como for, as revisões da Eletrobrás avaliam como manter a operação sob controle estatal e, entretanto, localizar outra opção para o modelo de acabamento do trabalho.

No final de novembro, o presidente da Eletronuclear, Bruno Barreto, informou que a Eletrobrás também estava procurando cúmplices mundiais, incluindo a China, para continuar os trabalhos de Angra 3.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *